sexta-feira, 24 de junho de 2016

Review: Comprei um Split Inverter de 12.000 btus e não tenho 220 volts. O quê fazer ?

Olá nobres amigos e iluminados leitores do Blog do Gilson Eletricista.

A máquina chegou e o técnico de refrigeração deixou tudo pronto, só faltando a alimentação elétrica com 220 volts.

O quê fazer ?
Providenciar o aumento de carga.
Você poderá contratar um eletricista credenciado pelo CREA, para entrar com um pedido de aumento de carga junto à Concessionária de Energia Elétrica, para passar de residencial monofásico para residencial trifásico.

Sendo aprovado o pedido, o eletricista deverá fazer a troca dos 2 fios rígidos de 4 mm² (1 Fase com 127 volts + 1 Neutro) por 4 cabos flexíveis de 6 mm² ou 10 mm² ou 16 mm² (3 Fases RST com 127 volts + 1 Neutro).

Para as edificações que já possuem o aterramento, acrescentar 1 cabo flexível de igual seção à do condutor Fase.

Dentro da residência, no Quadro de Luz (ou Quadro de Disjuntores), redistribuir os circuitos elétricos e aguardar a Vistoria da Concessionária.

Caso tudo esteja de acordo com os Padrões desta Concessionária (cada Concessionária tem o seu Padrão próprio), o Medidor antigo com 2 fios será trocado por outro Medidor Diigital polifásico com 4 fios.

Este processo é caro e demorado.

Instalar um auto-transformador.
O outro recurso mais barato e mais rápido, seria a compra de um auto-transformador com entrada de 127 volts e saída de 220 volts.

Uma das mais conceituada marca  é a UPSAI.

A UPSAI recomenda para um ar condicionado de Janela com 12.000 btus, um auto-transformador de 3.000 VA.

Como a partida inicial de um Split Inverter de 12.000 btus é de 14,5 ampères e a corrente de refrigeração é de 5,2 ampères, considero que até um de 2.000 VA seria suficiente.

Corrente no modo ventilação é de 0,65 ampères.

Se for outras marcas de baixo rendimento e eficiência energética na transferência entre o primário e o secundário do auto-transformador, para este mesmo Split Inverter de 12.000 btus os vendedores indicam os de 5.000 VA à 7.000 VA.






   Minipa da esquerda registrando o consumo no modo ventilação de 0,67A.
Minipa da direita registrando o consumo de partida inicial (In Rush) de 14,7A
                       Consumo no modo refrigeração de 5,2A


Só para comparar o baixo consumo desta máquina Inverter, um ferro de passar roupa consome 8,3A, com Fator de Potência de 0,998 e Tensão de 117,5 volts.

Por quê o funcionamento do Split Inverter é mais econômico ?
Por duas razões:

O gás utilizado além de não agredir a camada de Ozônio na atmosfera, tem uma maior capacidade de refrigeração, ou seja retira o calor do ambiente mais rapidamente.

A outra razão é no funcionamento.

A partida inicial (In Rush) utiliza uma corrente alta (14,7A), necessária para mover o eixo do compressor, que estava completamente parado.

Após isto, um sensor de temperatura comanda um dispositivo eletrônico denominado Inversor de Frequência, que diminui ou aumenta o número de rotações do compressor, não deixando que ele volte a ficar completamente parado.

Neste caso, não haverá mais estes picos de correntes de 14,7A, centenas de vezes durante o período de funcionamento e o consumo máximo será de 5,6A ou menos.

Comentário Pessoal:
Agora que você já entendeu a economia da Tecnologia Inverter, quando for comprar uma nova geladeira, compre uma Inverter ou Inverse e você não ouvirá mais o liga-desliga do compressor e a sua conta de luz será muito baixa sempre.

Gilson Eletricista
Flamengo - Rio de Janeiro - Brasil
(21) 99925-7935
(21) 99312-3847



                    Autor do texto e das fotos: Gilson Carlos Pessanha






 MyFreeCopyright.com Registered & Protected



Siga me no Google+ Gilson Carlos Pessanha